top of page

Chamada para trabalhos 

Fédération internationale des associations d’études classiques (FIEC)
XVI Congresso Internacional, 1–5 agosto 2022
Cidade do México 

(formato virtual)

Painel especial organizado por associação Hespérides

"Transformações Hespérianas: Novas Abordagens da Tradição Clássica"

Prazo para entrega 

de propostas: 12 julho, 2021

Hesperides, uma nova organização acadêmica dedicada ao estudo dos legados do Mediterrâneo antigo em contextos luso-hipanos, solicita propostas de comunicação para o seu painel da FIEC (Fédération internationale des associations d’études classiques), a ser realizado virtualmente no México em 2022. Esta sessão, parte do “Módulo 1: Discursos de apropriação e identidade,” mostrará da amplitude da investigação científica contemporânea sobre as diversas manifestações entrelaçadas com as tradições greco-romanas entre as zonas de contato Ibérico: o Mediterrâneo, as regiões Américas, o Caribe, o Pacífico, e áreas ainda mais longínquas.

Na esperança de demonstrar o retrato mais amplo do debate científico contemporâneo sobre estes contextos, este painel promove especialmente propostas de comunicação que ultrapassem distinções disciplinares tradicionais, periodizações, fronteiras geográficas, e divisões linguísticas. Portanto, encorajamos entusiasticamente resumos submetidos por investigadores cujo trabalho trata dos entrelaçamentos dos legados clássicos com os contextos hispano-lusófonos, sem limitações com respeito a consideração cultural, geográfica, ou linguística, desde a pré-modernidade até o século 21.

O painel estimula os participantes a considerar estas perspectivas através do uso da metáfora de transformação, que dá ênfase tanto aos contextos receptores quanto às culturas recebidas (Baker, Helmrath e Kallendorf 2019), ou por meio de metodologias alternativas que destacam a importância de tais contextos para a modificação das culturas recebidas. As propostas exitosas contemplarão as transformações ibéricas com implicações para as concepções correntes na disciplina dos estudos clássicos concebida em modo geral. Áreas de estudo pertinentes podem consistir em, ou incluir, as sugestões seguintes, por exemplo:

  • métodos novos e modelos teóricos que descrevem e interpretam os usos da antiguidade clássica além do hemisfério norte

  • estudos na área da recepção clássica que traçam reelaborações políticas, ideológicas ou filosóficas com origem na antiguidade em contextos luso-hispânicos

  • as contribuições dos grupos historicamente menosprezados, incluso as perspectivas indígenas, afrodescendentes, e das mulheres

  • formas diversas de produção cultural, erudita ou popular, de todos os meios e modalidades, que representam ambas perspectivas de elites e comuns

  • análises da recepção clássica através de conceitos não europeus sobre o tempo, espaço, ontologia e epistemologia

  • estudos estéticos ou literários dos textos clássicos e da arte clássica que adquirem novas formas ou significados diferentes em contextos luso-hispânicos

  • engajamento com as teorias críticas e paradigmas fora da área tradicional de estudos clássicos tradicional que enriqueçam a investigação do mundo antigo e da sua recepção

Solicitamos a entrega por e-mail da proposta anônima de uma comunicação de 20 minutos em anexo (arquivo .doc do Microsoft Word) a contact@hesperideslusohispano.org, com a frase “FIEC: Transformações Hespérianas” na linha de assunto. Investigadores interessadxs em participar podem apresentar as suas propostas de comunicação até 5 de julho, 2021. As propostas deveriam incluir as informações pedidas abaixo e seriam examinadas anonimamente pelos organizadores, que chegarão à seleção final no dia 19 de julho, 2021. As línguas da FIEC são alemão, francês, inglês, italiano, e espanhol.

​Por favor inclua as seguintes informações com a sua proposta:

  • Nome

  • País

  • Afiliação institucional

  • Status acadêmico

  • Disciplina/Campo de estudo

  • Referências bibliográficas e / ou hemerográficas completas das três publicações suas mais recentes

  • Título da comunicação

  • Referências bibliográficas essenciais sobre o tema a ser desenvolvido (5 máximo) 

  • Resumo (300 palavras no máximo)

bottom of page